domingo, 18 de março de 2018

Concurso TJ AL 2018: contrato com a organizadora FGV é assinado



Agora é oficial! O Tribunal de Justiça de Alagoas assinou o contrato com a FGV para realização do concurso TJ-AL. Segundo o tribunal, o contrato foi assinado pelo presidente do órgão, desembargador Otávio Leão Praxedes. A organizadora será responsável pelo planejamento, organização e realização do concurso público para preenchimento de 131 vagas no Judiciário estadual.


A expectativa é que o edital do concurso do Tribunal de Justiça de Alagoas seja publicado ainda este ano. No total, a seleção ofertará 131 vagas, sendo 100 para técnico judiciário, 15 para analista judiciário - oficial de justiça avaliador, 15 para analista judiciário - área judiciária e uma para analista judiciário – área de estatística.

Seleção terá provas objetivas e discurssivas

Os candidatos deverão passar por uma prova objetiva, contendo questões de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Atualidades, Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, entre outras disciplinas. Haverá também prova discursiva e de títulos para os cargos de analista judiciário. Os aprovados na primeira etapa passarão ainda por comprovação de sanidade física, mental e precisarão preencher os requisitos necessários à investidura no cargo.

Último concurso TJ-AL foi em 2012

A última seleção pública realizada pelo Tribunal de Justiça de Alagoas ocorreu em 2012. Na ocasião, foram ofertadas 174 vagas, distribuídas entre técnico judiciário, analista judiciário - oficial de justiça avaliador, analista judiciário - área judiciária e analista judiciário – área de estatística. As remunerações variavam entre R$ 1.084,67 e R$5.789,19.

A hora agora é dos tribunais. O ano de 2017, no noticiário dos concursos públicos, foi tomado por esses órgãos do Poder Judiciário, que, além de excelentes remunerações, de até R$13.064,99, oferecem pacotes de benefícios, status e boas perspectivas de crescimento profissional, sendo o sonho de muita gente.

Todas essas oportunidades são imperdíveis e, por serem bastante disputadas, exigem não só estudo antecipado, mas sabedoria na preparação Você sabia que é possível estudar para todas esses concursos? Aprenda agora!
Segundo especialistas, o segredo é ter dedicação e planejamento, já que todos esses certames possuem bastante pontos em comum, o principal deles as disciplinas.
"As matérias de Conhecimentos Gerais (Língua Portuguesa, Redação e Informática) e as Básicas (Direito Administrativo, Direito Constitucional e Legislação) são as mesmas, variando para maior ou menor conteúdo", alertou o especialista pedagógico, Alexandre Prado.

Especialista do Mentalidade Concurseira, Marcus Silva compartilha da opinião de Alexandre Prado. "É possível estudar para todos esses concursos. O candidato só deve fazer um planejamento de seus estudos de forma muito bem organizada. Exemplo: TRT-RJ e TRE-RJ são dois 0excelentes concursos que possuem uma 'espinha dorsal' que pode ser trabalhada de forma conjunta: Português, Redação, Raciocínio Lógico, Informática, Direitos Constitucional e Administrativo".




Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.