sábado, 24 de fevereiro de 2018

Governo do Ceará autoriza 730 contratações de Policiais Civis



Mais de 730 contratações de policiais civis foram autorizadas pelo Governo do Ceará, para reforçar o trabalho da segurança pública no Estado. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana, durante bate-papo ao vivo com a população, por meio de suas redes sociais.

De acordo com o governador, será chamado o reforço de 476 inspetores, 201 escrivães e 53 delegados, que são referentes a remanescentes do concurso público realizado no ano de 2015. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) deverá informar o prazo da entrega de documentação dos novos convocados para a Polícia Civil do Estado.

Camilo Santana enfatizou que o governo tem feito todos os esforços possíveis para ampliar os investimentos no combate à criminalidade. O governador citou ainda a ação pública na abertura de novos concursos, aumento de efetivo nos municípios cearenses, compras de viatura e equipamentos para as Forças de Segurança. “Dentro disso, é preciso também investir em inteligência. É de grande importância nós reforçarmos a polícia judiciária, nossa grande Polícia Civil, que investiga e descobre os mandantes dos crimes, realiza os mandatos de prisão. Por isso estou convocando mais 730 policiais para se apresentarem com documentação completa e para logo iniciar os trabalhos na segurança do Estado”, detalhou.

Fonte: https://goo.gl/3kUn7b





Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.