sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Concurso da Assembleia Legislativa do RS tem comissão formada


 

O concurso da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (AL-RS) já tem comissão organizadora formada, o que indica que a seleção está cada vez mais próxima. Conforme já haviamos informado, serão oferecidas 51 vagas nos níveis médio e superior.

A Comissão do concurso foi publicada no Diário Oficial do dia 22, veja documento:



Vagas nos níveis médio e superior

Quem tem nível médio irá concorrer a 41 vagas, das quais 35 são de técnico legislativo e seis são de agente legislativo. O vencimento inicial para ambos os cargos é de R$5.850. No entanto, os ganhos chegam a R$6.325,61 com os benefícios, cujos detalhes não foram informados pela AL-RS.

As demais 10 vagas serão para o nível superior nos cargos de administrador; contador; analista de tecnologia da informação e comunicação; arquiteto; engenheiro elétrico; engenheiro mecânico; e procurador. Para esses os ganhos iniciais são de R$9.893,90.

Quem tem interesse em concorrer a uma das vagas já pode iniciar os estudos. Saiba como estudar para concursos públicos mesmo sem edital publicado!

Edital pode sair ainda este ano

Quando procurado, o setor de Gestão de Pessoas da AL-RS não quis informar qual a previsão para publicar o edital do concurso. No último dia 9 de novembro um representante sindicato da categoria - Sindicato dos Servidores Efetivos e Estáveis da AL-RS (Sinfeeal) - havia informado que o documento deveria sair nos dias próximos.

Mas, visto que ainda não foram divulgadas mais informações a respeito do concurso e que este não tem organizadora definida, é mais provável que fique para o mês de dezembro. Veja quais concursos estão previstos para a região Sul em 2018!

Último concurso foi há mais de dez anos

O último concurso da AL-RS aconteceu há mais de 10 anos, em 2004. Com tanto tempo sem abrir seleção para efetivos, espera-se que mais aprovados sejam chamados durante a validade deste certame para suprir as prováveis carências do quadro de pessoal do órgão.

Na ocasião, a organizadora foi a Faurgs e os concorrentes foram submetidos a uma prova objetiva de Português e conhecimentos específicos, além de legislação para os de nível superior. Para os candidatos a procurador também houve uma etapa dissertativa, peça jurídica e análise de títulos.






Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.