terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Autorizado concurso para 16.700 vagas para Educação de Minas



Foi autorizado, concurso para a Secretaria Estadual de Minas Gerais (SEE-MG) com 16.700 vagas para o nível superior. A seleção foi autorizada pela Comissão de Orçamento e Finanças da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag-MG).

Serão dois cargos contemplados: professor de educação básica regente de aula (professores de disciplinas) com 16 mil vagas e especialista em educação básica para 700 vagas, ambos os cargos são de nível superior.

Concurso será para preencher as 47 Superintendências Regionais

A oferta será para preencher as 47 Superintendências Regionais de Ensino do Estado. De acordo com uma nota divulgada pela própria Secretaria de Estadual de Educação, o termo de referência para a contratação da empresa organizadora e o edital do concurso já estão em fase de elaboração pela própria SEE-MG.

De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria Estadual de Educação, a expectativa é que a empresa organizadora seja definida ainda este ano, assim como o edital que também deve ser divulgado ainda em 2017.

A secretária de Educação do Estado, Macaé Evaristo falou sobre a autorização do novo concurso público. “Este novo concurso vem se juntar a essa nossa política de valorização do servidor e vai contribuir para que, no ano que vem, a gente consiga a maioria de servidores efetivos no conjunto das carreiras da Educação.”






Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.