sábado, 16 de dezembro de 2017

No Brasil, 55% da renda fica com 1% da população



No Brasil, 55% das riquezas estão concentradas nas mãos de 1% da população, indica um relatório sobre desigualdade produzido por um grupo de 100 pesquisadores de 70 países que compara de maneira inédita a distribuição da riqueza a nível mundial e sua evolução em quase quatro décadas.

O estudo foi liderado por Lucas Chancel, da Escola de Economia de Paris, e Thomas Pikkety, autor de "O Capital no Século XXI". O documento, divulgado nesta quinta-feira, 14, mostra que as desigualdades aumentaram profundamente no mundo desde a década de 1980, em particular nos Estados Unidos. Os pesquisadores se mostram preocupados com o possível agravamento da situação até 2050.

Este fenômeno, no entanto, aconteceu com ritmos diferentes, de acordo com as regiões, afirmam os coordenadores do estudo, que apontam um forte aumento das desigualdades nos Estados Unidos, mas também na China e na Rússia, países cujas economias registraram uma significativa liberalização durante os anos 1990.

Nos Estados Unidos e Canadá, este índice passou de 34% a 47%, enquanto na Europa foi registrado um aumento mais moderado (de 33% a 37%). De acordo com o estudo, a parte da riqueza nacional nas mãos de 10% dos contribuintes mais ricos passou de 21% a 46% na Rússia e de 27% a 41% na China, entre 1980 e 2016.

"No Oriente Médio, na África subsaariana e no Brasil, as desigualdades permaneceram relativamente estáveis, mas a níveis muito elevados", afirma o documento, baseado em 175 milhões de dados fiscais e estatísticas resultantes do projeto wid.world (wealth and income database).

'Divergência extrema'


Em 2016, o pódio das regiões e países menos igualitários era formado por Brasil (55% da renda nacional nas mãos do 1% mais rico), Índia (55%) e Oriente Médio (61%), que perfila segundo os autores um "horizonte de desigualdades" em escala mundial.

No Oriente Médio, as desigualdades estão "sem dúvida subestimadas", destaca o relatório, que menciona uma contradição entre as estatísticas oficiais dos países do Golfo e alguns aspectos de sua política econômica, como o crescente recurso a trabalhadores estrangeiros mal remunerados.

 




Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.