quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Acusado de agredir a mulher, Naldo diz que vai ‘buscar ajuda’




Naldo Benny se manifestou nesta quarta-feira após sua prisão por posse ilegal de arma e as acusações de agressão e ameaça contra sua esposa, Ellen Cardoso, conhecida como Mulher Moranguinho. Em áudio divulgado por sua assessoria de imprensa, o cantor afirma que está “destruído e arrependido” e que vai “buscar ajuda profissional”.

“Quero pedir perdão à minha mulher. Dizer que eu vou lutar pela minha família. Que eu estou extremamente destruído, arrependido, quebrado, completamente machucado, arrasado por tudo o que aconteceu”, disse ele. “Eu já estou em busca de ajuda, já estou em busca de profissionais que possam me ajudar para que eu possa estar em condições de rever tudo o que eu fiz, de ser um ser humano melhor.”

Naldo foi preso em flagrante quando a polícia encontrou uma pistola calibre 7,65 e quatro munições em sua casa no Rio de Janeiro. O cantor foi liberado ainda nesta quarta após pagamento de fiança e será investigado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria. Ele foi denunciado pela própria mulher. Naldo e Moranguinho se casaram em 2013 e têm uma filha de 3 anos juntos.
‘Desentendimento’

Em comunicado enviado por sua assessoria, o cantor classifica o caso como um “desentendimento familiar”. “Após dois shows, Naldo e Ellen tiveram um desentendimento que pode acontecer com qualquer casal. Infelizmente, o resultado foi Ellen abandonar a casa da família com a filha Maria Vitória”, diz a nota.





Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.