quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Fla supera desconfiança no gol, vence o Barranquilla e dá passo importante para "salvar" temporada



Nesta quinta-feira (30 de novembro) o Flamengo deu um passe importantíssimo para “salvar” o seu ano de 2017. Na Colômbia, o Rubro-Negro voltou a encarar o Junior Barranquilla, pela partida de volta da semifinal da Conmebol Sul-Americana, e após o 2 a 1, de virada, na ida, no Maracanã, voltou a vencer os colombianos por 2 a 0 e se classificou para a grande decisão do torneio continental, onde enfrentará o Independiente, maior campeão da Libertadores, com sete títulos conquistados.

Cotado para substituir Alex Muralha, que apesar de ter viajado, sequer ficou no banco de reservas, o goleiro César foi confirmado como titular. O que o Flamengo não esperava, porém, é que teria o desfalque de última hora do zagueiro Réver, que já havia sentido a coxa esquerda nesta quarta (29), e voltou a sentir dores no local durante o aquecimento. Rhodolfo, que estava no banco, foi relacionado entre os titulares.

No Estádio Metropolitano, o jogo começou bastante movimentado para os donos da casa. Logo aos cinco minutos o Barranquilla teve falta perigosa na entrada da área, que levou perigo à meta Rubro-Negra. César, que não sabia o que era atuar pelo time principal desde dezembro de 2015, foi muito bem no lance, e fez grande defesa.

No fim da primeira etapa, um lance polêmico. Aos 43 minutos, em avanço dos colombianos na área rubro-negra, Juan foi cortar cruzamento, e a bola acabou batendo no braço do zagueiro. Segundo o comentarista de arbitragem do FOX Sports Carlos Simon, o árbitro deveria ter anotado a penalidade.

O alívio do Flamengo veio apenas no início da 2ª etapa, aos 6 minutos. Em lance bastante parecido ao primeiro gol do Grêmio contra o Lanús, na decisão da Conmebol Libertadores Bridgestone, Vizeu abriu o placar para o clube carioca. O atacante recebeu de Trauco no meio de campo, e com velocidade chegou até a meta defendida por Sebástian Viera, que tocou na saída do goleiro.

Aos 30 minutos, houve um princípio de confusão entre colombianos e rubro-negros. Após fazer mais uma boa defesa em avanço do Barranquilla, César sentiu, porém, o árbitro não notou que o goleiro estava caído dentro da área. O camisa 10 do Junior, Barrera, prosseguiu no lance e arriscou, com a bola entrando. O gol, porém, não foi válido e o jogador foi tirar satisfação com o arqueiro do Flamengo. No lance, Rhodolfo foi tentar interromper e ambos entraram em atrito.

Aos 42 minutos, o Barranquilla teve pênalti marcado a seu favor e César mais uma vez foi decisivo, defendendo a cobrança do atacante Yimmy Chará. No fim, o Flamengo ainda ampliou, já nos acréscimos (46 minutos), novamente com Felipe Vizeu.

Com o resultado, o Flamengo avançou para a grande decisão, que já terá início na próxima semana, contra o Independiente. A partida de ida está marcada para o dia 6 de dezembro, no Estádio Libertadores de América. Já a volta, será no dia 13, no Rio de Janeiro. Esta será a segunda final envolvendo brasileiros e argentinos por competições da Conmebol em 2017.

Crédito foto: reprodução/ Flamengo




Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

No RD5 maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao Mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.