terça-feira, 14 de novembro de 2017

Concurso Receita Federal: órgão pode perder 600 servidores até o fim do ano




A Receita Federal pode perder até o fim do ano 600 servidores, por aposentadoria. O dado, revelado pelo presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindfisco Nacional), Cláudio Damasceno, mostra que o concurso Receita Federal 2017/2018 precisa ser uma das prioridades do governo federal.

“Nosso último concurso para auditor-fiscal foi realizado em 2014. Temos um elevado número de servidores se aposentando, cerca de 500 a 600 profissionais por ano, o que faz com que haja uma redução no efetivo, sobretudo nas fronteiras. Precisamos de concursos com regularidade”, destacou.

Na última segunda, 30, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, anunciou que a pasta autorizará a realização de novos concursos públicos no ano que vem. Isso acontecerá, segundo ele, sobretudo para repor saídas por aposentadoria.

A justificativa do ministro faz crer que a Receita Federal seja contemplada com uma autorização, pois, além de sofrer com aposentadorias, é um órgão estratégico do governo para elevar a arrecadação, aumentando a fiscalização. Está estudando para o concurso da Receita e quer se inspirar na história de quem chegou lá? Conheça a trajetória do auditor-fiscal da Receita Federal Flaviano Lima. Ele dá dicas de preparação e detalha a carreira.

Pedido de concurso Receita Federal 2017/2018 é para 2.083 vagas

 
A solicitação de concurso da Receita Federal, enviada ao Planejamento este ano, é para 630 vagas de auditor-fiscal. No caso de analista-tributário, cargo que completa a estrutura da Receita, foram pedidas 1.453 vagas.

Ambos são voltados para quem possui o ensino superior completo em qualquer área. Já as remunerações iniciais são de R$19.669,01 para auditor e R$11.132,21 para analista. Os valores incluem o auxílio-alimentação, de R$458. O concurso da Receita é inevitável. Apenas até agosto deste ano, o órgão perdeu 276 auditores.

Para quem deseja atuar na área de apoio, também há pedido de concurso no Planejamento. Porém, essa seleção é feita pelo Ministério da Fazenda. Nesse caso, a solicitação é para 1.312 vagas, sendo 904 apenas para assistente técnico-administrativo. O cargo tem requisito apenas de ensino médio completo e garante ganhos iniciais de R$4.137,97.


Saiba o que estudar


O último concurso da Receita Federal, realizado em 2014, deve ser o guia de estudo dos candidatos. À época, os candidatos realizaram provas objetivas, com questões de Língua Portuguesa, Espanhol ou Inglês, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Administração Geral e Pública, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário, Auditoria, Contabilidade Geral e Avançada, Legislação Tributária e Comércio Internacional e Legislação Aduaneira.

Houve ainda avaliações discursivas e sindicância de pregressa. No início de junho, o Congresso Nacional aprovou o restabelecimento do curso de formação como segunda etapa do concurso.





Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

Na RD5 maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.