terça-feira, 7 de novembro de 2017

Amazon pode produzir série bilionária inspirada em 'Senhor dos Anéis'



De acordo com diversos rumores da indústria cinematográfica, a Amazon pode estar considerando seriamente produzir uma série inspirada na saga "O Senhor dos Anéis". As negociações seriam entre os estúdios da Amazon, a empresa Warner Bros. Television e os detentores dos direitos de monopólio intelectual sobre a obra de J. R. R. Tolkien.

Segundo a Variety, o CEO da Amazon, Jeff Bezos, estaria pessoalmente envolvido nas negociações. Ele teria sido abordado pela Warner e pelos detentores do espólio de Tolkien, que sugeriram o uso dos personagens e ambientes dos livros em uma série de TV. Bezos estaria interessado em usar a franquia - que já foi transformada em uma trilogia de filmes dirigidos por Peter Jackson - para criar um programa à altura de "Game of Thrones".

No entanto, o Deadline afirma que essa criação exigiria um investimento monstruoso da empresa. A Warner e os gerenciadores do espólio de Tolkien estariam pedindo um valor na casa dos US$ 250 milhões (cerca de R$ 821 milhões) apenas pelos direitos da série. Essa soma não inclui nenhum custo de produção, que o site estima que ficaria na casa dos US$ 150 milhões (R$ 493 milhões) por temporada para uma série desse porte. No total, portanto, a série teria um custo de bilhões de reais.

Momento curioso


O projeto, de acordo com o Hollywood Reporter, sequer teria um autor associado, por enquanto. Apesar disso, tanto a Amazon quanto a Netflix ainda estariam na disputa pelos direitos. A HBO, por sua vez, teria deixado de lado as propostas, considerando o investimento gigantesco necessário, e considerando também que ela já possui a série "Game of Thrones", ambientada em um universo ficcional semelhante.

A Amazon, por sua vez, estaria na frente da disputa tanto por um interesse pessoal de Bezos - um fã de ficção científica e fantasia medieval, segundo a Variety - quanto por conta de uma mudança de direcionamento da empresa. Recentemente, os estúdios da Amazon passaram por uma grande onda de demissões e alterações de direção.

Roy Price, por exemplo - o presidente dos estúdios da empresa -, foi suspenso em outubro após denúncias de assédio sexual feitas por um produtor da série "O Homem do Castelo Alto" e, em seguida, demitido. Joe Riggs e Conrad Lewis, outros dois executivos de alto escalão dos estúdios, foram demitidos menos de uma semana depois.

Essas mudanças de pessoal refletiriam também uma mudança de orientação para os programas da empresa. Bezos estaria interessado em fazer os estúdios da Amazon se dedicarem menos a séries voltadas para pequenos nichos de interesse e mais a produções grandes com potencial para atrair um amplo publico internacional. Também como resultado dessa mudança, os estúdios cancelaram séries em produção como "Z: The Beginning of Everything" e "The Last Tycoon".





Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

Na RD5 maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.