segunda-feira, 11 de setembro de 2017

PF acha indícios de organização criminosa com Temer e Geddel




A Polícia Federal enviou para o Supremo Tribunal Federal (STF) um inquérito que aponta indícios de formação de organização criminosa que envolvem o presidente Michel Temer, os ex-deputados Eduardo Cunha e Henrique Alves, o ex-ministro Geddel Vieira Lima e os ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha, todos membros do PMDB, informou o G1.

A investigação realizada pela Polícia Federal tinha como objetivo apurar se membros do PMDB da Câmara formaram uma organização criminosa para desviar recursos de órgãos públicos. Em nota, a PF informou que os “integrantes da cúpula do partido, supostamente, mantinham estrutura organizacional com o objetivo de obter, direta e indiretamente, vantagens indevidas em órgãos da administração pública direta e indireta. O grupo agia através de infrações penais, tais como: corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro, fraude em licitação, evasão de divisas, entre outros crimes cujas penas máximas são superiores a 4 anos”.

Agora o STF irá enviar o inquérito para a Procuradoria Geral da República que com base nessas informações poderá apresentar uma denúncia contra os acusados. A denúncia já é esperada, porque recentemente Rodrigo Janot denunciou membros do PT, do PP e do PMDB no senado.



Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

Na RD5 maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.