sexta-feira, 30 de junho de 2017

Beyoncé se junta a Unicef em projeto para levar água a crianças no Burundi




A estrela do pop Beyoncé está usando o poder da sua fama em um novo esforço para levar água segura e limpa para crianças no Burundi, em uma parceria com o Unicef, informou nesta sexta-feira o fundo da Organização das Nações Unidas (ONU) para a infância.

O projeto BEYGOOD4BURUNDI tem como objetivo ajudar a construir poços, aumentar a educação sobre higiene e água e melhorar instalações sanitárias em escolas, informaram o Unicef e a cantora norte-americana em comunicados online.

Duas em cada cinco pessoas no Burundi, na África Oriental, não possuem acesso a água limpa e doenças relacionadas a água insalubre e problemas com saneamento estão entre as principais causas de mortes entre crianças no país de 12 milhões de habitantes, segundo o Unicef e a cantora.

Uma a cada 12 crianças no Burundi morre antes de completar 5 anos, de acordo com o Unicef.

“Acesso à água é um direito fundamental. Quando você dá a crianças água limpa e segura, você não está somente dando vida, você está dando saúde, uma educação e um futuro mais brilhante”, disse Beyoncé, de 35 anos, em comunicado.

Beyoncé afirmou que mais de 2 milhões de pessoas no Burundi passam mais de 30 minutos por dia coletando água, forçando crianças a faltarem aulas escolares e colocando meninas em maior perigo, à medida que andam quilômetros em busca de poços.






Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

SHARE THIS

Autor:

Na RD5 maior blog de informações sobre concursos públicos, esportes, entretenimento política, tecnologia e negócios você fica por dentro das principais e últimas notícias do dia, além de assuntos relacionados ao mundo do Brasil e da Bahia para seu conhecimento diário.

0 comentários:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste blog. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.