sexta-feira, 22 de junho de 2018

Como estudar para as provas discursivas antes e depois do edital?

Como estudar para as provas discursivas antes e depois do edital?



Muitos concursos estão previstos para 2018 e a prova discursiva está presente na maioria deles. Muito importante para as seleções, esta etapa pode ser decisiva. Se você está se preparnado para as avaliações, confira as dicas da especialista, Vivian Barros, para te ajudar a estudar para as Provas Discursivas.

Saiba como estudar para as Provas Discursivas

A prova discursiva se divide em três grupos:

• Texto Argumentativo: Redação.
• Texto Expositivo: Questão discursivas ou Estudo de caso.
• Peças técnicas: pareceres, projetos de leis, peças cobradas em concursos para legislativo ou judiciário.

Estudo antes do edital:

Quando você não sabe a banca o ideal é investir em conteúdo e revisão gramatical. 80% dos candidatos têm desafio em relação ao que escrever, para isso é preciso estar atualizado, ler com frequência principalmente um conteúdo específico e não se desligar do mundo. Mantenha-se sempre informado! Nesta estapa o concurseiro já precisa começar a treinar sua redação.

Dica das especialista: Produza pelo menos uma redação por semana e revise os itens de gramática e leia muito!

Estudo depois do edital:

Quando o edital do concurso já está publicado é preciso saber o perfil da banca organiadora. Você precisa ir no site da banca e baixar os temas das últimas redações ou exercícios discurivas para saber o que a organiza busca e prioriza. É preciso entender como a banca funciona.

É preciso intensificar o seu treino. Produza mais redações por semana e continue lendo bastante e revisão questões de gramática.

Dica da especialista: Leitura associada a treino e conhecer a banca organizadora são aspectos fundamentais para a prepração para a prova discursiva.

Gostou das dicas? Comenta aqui embaixo! Deixe sua dúvida ou compartilhe conosco sua opinião!



Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Mesmo com concurso da CLDF anulado, candidato deve intensificar os estudos, diz professor

Mesmo com concurso da CLDF anulado, candidato deve intensificar os estudos, diz professor



Mesmo diante da decisão do Tribunal de Contas do DF (TCDF) de anular o concurso da Câmara Legislativa do DF (CLDF), os candidatos ao concurso podem e devem aproveitar para intensificar os estudos. Essa é a dica do professor de direito constitucional do Gran Cursos Online, Wellington Antunes.

"A notícia de anulação soa muito mal a princípio, em especial num concurso como esse porte e que já não tem concurso há mais de 10 anos. Porém, estudar pra esse concurso já virou um estilo de vida. Candidatos realmetne focados, devem aproveitar , pois o concurso vai ter que sair",argumenta.


Antunes lembra que há autorização orçamentária no GDF para a realização do certame e que existe demanda da Casa por novas contratações. "Inevitavelmente, o concurso vai ter que sair",diz.

Outra vantagem, segundo o professor, é que agora os candidatos têm em mãos o edital com matérias atualizadas que vão ser exploradas."Ainda que mude a banca examinadora, as matérias no geral, não serão alteradas. Então, o candidato que realmente quer passar, deve levantar a cabeça e ir atrás do cargo".

Aproveite o conteúdo


O professor Antunes ressalta que excluindo a parte de Lei Orgânica do DF, regimento interno e a lei complementar 840, que é específica do DF, as demais matérias devem ser aproveitadas pra outros concursos. Entre elas, estão os direitos administrativos, constitucional e língua portuguesa." Inclusive a banca FCC tem sido contratada em diversos concursos recente, então o candidato também pode utilizar as matérias para outros concursos, com certeza".

"Continuem firme, olhando pro foco que é a aprovação para esse cargo. A vaga está mais perto do que nunca."

O professor de direito administratido do IMP Concursos, Vandré Amorim, compartilha do mesmo pensamento. "O que se mostra mais provável é a realização de um novo concurso com a escolha de uma nova. Ao que tudo indica, pela necessidade e carência de servidores, que já foi anunciada diversas vezes. vai ter o concurso sim. Então, os candidatos devem tentar digerir com calma a notícia de anulação , mas manter os estudos".

O concurso

O concurso oferecia 86 vagas de preenchimento imediatas, além de formação de cadastro reserva. As chances eram para candidatos com nível médio e superior com salários de até R$ R$ 15.879,40. O regime de trabalho era de 30 horas semanais para todos os postos.





Serviço:

Outras Informações – Aqui
  Concursos Públicos Aqui
Dicas para Concursos - Aqui

Para mais informações consulte o nosso blog.